1 de outubro de 2010

Religiosidade ou Relacionamento?

Não é interessante o quanto as pessoas buscam um Deus todo poderoso e que resolva os seus problemas?

Será que Deus teria a liberdade de ser apenas uma pessoa, como todas as outras, e mesmo assim ser amado?

Ou será que Ele só me serve pra ser Deus se de fato fizer o que eu mando, ou melhor, o que eu oro?

 

Acredito que estamos num momento de refletirmos sobre o porque de termos uma vida religiosa, ou de  começarmos um relaciomanento com Deus...

Interessante, nós entramos em uma religião para alcançarmos um relacionamento com Deus. Depois nos vemos abrindo mão de nosso relaciomanento com Deus para sobrevivermos à Religião. Chega um momento na nossa caminhada que temos que optar por uma das duas opções...

Eu fico me perguntando, a quem serve os propósitos da religiosidade. Por que as pessoas são tão atraídas a religião, e porque Deus não atrai ninguém...? Será pelas facilidades da religião? Das falsas promessas? Talvez. Nosso Deus não faz isso... Não manipula ninguém... Ainda que muitos dogmatizem o conceito de que ou você se achega a Deus pelo amor ou pela dor...

 

Hoje eu entendo que o amor de Deus vale mais do que a minha própria vida. Entendo também como é fácil usarmos a religião para preservação da nossa própria vida, interesses, sonhos, paixões... Sei que se quisermos de fato conhecermos a Deus, temos que escolher o seu amor, mais do que o seu poder.

 

No culto de Santa ceia hoje eu tava pensando sobre isso: a morte de Jesus não é um bom retrato do quão poderoso é o nosso Deus... Antes mais o mais perfeito retrato de seu amor. Foi porque Deus amou o mundo (de tal maneira) que deu o seu Filho... O mundo merecia julgamento e condenação. Deus tinha poder e saber para assim fazer. Mas ele submete seu poder ao seu amor... E deu no que deu, o maior advento da História.

 

Será que o amor de Deus não basta para nos ajoelharmos e ficarmos eternamente gratos? Ou será que Ele ainda tem que me curar de mil mazelas, tem que me dar todas as vagas de estacionamento e ainda uma lavadora de roupa?

 

Vamos pensar nisso?

 

Nenhum comentário: